sexta-feira, 31 de maio de 2013

SUGESTÕES DE ATIVIDADES E SEUS OBJETIVOS



Atividades das quais todos participam:
Ø      Leitura de histórias e outros textos – objetivos:
·   Desperta e desenvolve o gosto pela leitura;
·   Favorece o conhecimento intuitivo da escrita;
·   Possibilita a internalização do discurso escrito – por exemplo, a leitura freqüente de texto narrativo favorece a apropriação da estrutura da narrativa e do uso de elementos de coesão, contribuindo para que o aluno produza textos mais claros e coerentes.

Ø      Elaboração de jornal – objetivos:
·   Possibilita que o aluno se exercite na produção de diferentes tipos de textos (narrativo, informativo, argumentativo, publicitário, humorístico etc;
·   Desenvolve habilidades de planejamento, coleta e organização de informações; 
·   Escolha do tipo de texto mais adequado à finalidade definida; planejamento do texto a ser escrito, de acordo com a modalidade textual (narrativo, publicitário, argumentativo etc;
·   Revisão e reescrita de texto;
·   Diagramação;
·   Ilustração.

Ø      Títulos (de histórias e outros textos) – objetivos:
·   Favorecem a leitura do texto (ajudam a antecipar o conteúdo / mensagem do texto)
·   Ajudam a estabelecer relação entre texto e contexto (construção do sentido)
·   Contribuem para a alfabetização inicial;
·   São modelos de escrita convencional – quando, após uma leitura feita, o professor registra o título na lousa ou num cartaz para o aluno copiar no caderno;
·   Levam a pensar sobre a escrita – quando o aluno é solicitado a escrever o título da história lida, da forma que sabe;
·   Possibilitam observar a separação das palavras numa frase;
·   Podem ser utilizados em diferentes atividades (dar títulos a desenhos, contos etc.

Ø      Trabalho com nomes próprios – objetivos:
·   Os nomes próprios são um ótimo ponto de partida para a alfabetização;
·   São palavras significativas para os alunos;
·   Funcionam como modelos estáveis de escrita convencional;
·   Propiciam o confronto entre diferentes escritas (diferentes nomes têm letras diversas, diferentes quantidades e arranjos de letras);
·   Fornecem informações sobre letras e outras convenções da escrita de palavras (variedade, quantidade, posição das letras na palavra).

Ø      Atividades com letras móveis – objetivos:
·   Os alfabetizandos arriscam-se mais em suas tentativas de escrita e corrigem com mais rapidez e menos esforços quando erram;
·   Favorecem a reflexão sobre a escrita: que letras usar, quantas, em que ordem;
·   Estimulam a cooperação entre os colegas – os mais adiantados ajudam os que têm dificuldade.

Ø      Jogos – objetivos:
·   Levam ao reconhecimento das letras do alfabeto;
·   Ajudam a relacionar som e grafia;
·   Contribuem para a percepção de como se combinam letras para formar palavras;
·   Fixam a grafia correta de palavras mais usuais;
·   Favorecem a aprendizagem de conteúdos gramaticais.

Ø      Revisão e escrita coletiva e individual de texto – objetivos:
·   Desenvolve a consciência da necessidade de estruturar bem o texto, evitando lacunas e repetições, utilizando eixos de coesão próprios da escrita e pontuação;
·   Favorece o uso adequado da concordância verbal, nominal e pronominal;
·   Contribui para a grafia correta das palavras mais usadas.

Ø      Trabalho com rimas: poesias, letras de músicas, parlendas, adivinhas etc– objetivos:
·   Desperta e desenvolve o gosto por esse tipo de texto;
·   Desenvolve a sensibilidade e a consciência sonora, fundamentais para a alfabetização;
·   Familiariza o aluno com aspectos discursivos do texto poético: rima, ritmo, repetição, uso de metáforas e aspectos gráficos de organização desse tipo de texto;
·   Por ser fácil de memorizar, o texto poético pode ser usado na alfabetização inicial: como modelo de escrita convencional e como texto para leitura de memória;
·   Uso de atividades lúdicas do tipo: descobrir a palavra que falta, colocar em ordem os versos, remontar estrofes, recortando e colando as palavras da poesia, canção ou parlenda etc.

Ø      Trabalho com rótulos e propagandas – objetivos:
·   Possibilita o reconhecimento de nomes de marcas conhecidas;
·   Propicia o contato com diferentes tipos de letras;
·   Funciona como modelo de escrita convencional;
·   Leva a pensar sobre como se estruturam as palavras (letra inicial e final, relação entre som e grafia, posição das letras na palavra);
·   Favorece a capacidade de grafar um certo número de palavras e frases curtas (apoiando-se na memória) mesmo antes de estar alfabetizado.